Projeto “Rede de desenvolvimento: Região de Poços de Caldas”

Região vista do Pico do Gavião - Andradas. Fonte: https://mapio.net/pic/p-120823969/


         Desde o final e julho venho acompanhado a versatilidade com que os agentes econômicos da região de Poços de Caldas vem se articulando para contornar a crise, inclusive assumindo compromissos de não demissão e retomada sustentável do desenvolvimento. No início de agosto, inclusive, pude escrever sobre a preparação do Plano deRetomada Econômica de Poços de Caldas e um breve diagnóstico da rede comercialcomposta pelos 13 municípios mais intensamente conectados à Poços (neste último artigo descrevo a metodologia que usei para definir estes 13 municípios e vários dados sobre eles, por critérios científicos), mas apenas agora consegui entrar em contato com todos, e assim começar a escrever sobre cada um deles. Neste projeto estou aliando minha pauta de pesquisa na Unicamp (associações e entidades empresariais) e minha paixão pela nossa “Toscana Brasileira”, como uma forma de contribuir para nossa região, assim como fiz em relação à São João da Boa Vista (indo até Itapira), onde começa nossa região serrana.

Como minha área de pesquisa na Unicamp é sobre o Sistema das Associações Comerciais do Brasil (Confederação das Associações Comerciais do Brasil – CACB), na maioria dos casos irei partir das ações das associações comerciais e empresariais (que muitas vezes também são industriais e agrícolas) e de como elas lidaram com a pandemia, mas sempre levando em consideração outras formas de organização do empresariado e também as ações do poder público, pois é do conjunto de todas elas que surgirá um desenvolvimento renovado para o bem de todos. Aliás, os municípios da rede também formam um conjunto do qual dependem mutuamente para crescerem, e este espírito de integração regional é o que mais move este trabalho, e levantar isso durante o período eleitoral pode ser um estímulo para que o debate político em cada cidade leve sempre em conta que não existe desenvolvimento de uma cidade só: a integração entre nós precisa estar na pauta dos candidatos e dos planos de retomada econômica. Muitos de nós consumimos e/ou trabalhamos em cidades vizinhas, então o que acontece em uma influencia na outra, na nossa vida.

            Os municípios que serão tratados são:

  1. Andradas (MG)
  2. Bandeira do Sul (MG)
  3. Botelhos (MG)
  4. Cabo Verde (MG)
  5. Caldas (MG)
  6. Campestre (MG)
  7. Divinolândia (SP)
  8. Ipuiúna (MG)
  9. Machado (MG)
  10. Muzambinho (MG)
  11. Poços de Caldas (MG)
  12. Santa Rita de Caldas (MG)
  13. São João da Boa Vista (SP)

             Minha intenção era ter promovido este debate antes do período eleitoral, o que infelizmente não foi possível. Por outro lado, como já disse, pode dar uma contribuição importante para o próprio debate político. Em todo caso, minha prioridade é o diálogo com a sociedade civil, independente de partidos e candidatos, focado na organização das pessoas e dos empreendedores que tocam a vida do dia-a-dia. Todos os dias irei publicar um artigo sobre um município e postarei em vários grupos da região, além de colocar nesta publicação em forma de comentário.

Critérios para seleção de municípios e dados gerais

https://rbsustentabilidade40.blogspot.com/2020/08/a-retomada-economica-em-pocos-de-caldas.html

1 - Lições de Andradas

https://rbsustentabilidade40.blogspot.com/2020/09/equilibrio-e-audacia-com-todos-os.html

2 - Lições de Bandeira do Sul

https://rbsustentabilidade40.blogspot.com/2020/09/um-recanto-para-crescer-licoes-de.html

3 - Lições de Botelhos

https://rbsustentabilidade40.blogspot.com/2020/09/em-rede-para-nao-cair-na-crise-licoes.html

4 - Cabo Verde

https://rbsustentabilidade40.blogspot.com/2020/09/do-ouro-verde-busca-de-novas.html

5 - Caldas

https://rbsustentabilidade40.blogspot.com/2020/10/uma-simplicidade-irresistivel-licoes-e.html


Muito obrigado, espero que seja proveitoso para todos!

Marcos Rehder Batista, sociólogo, doutorando em Desenvolvimento Econômico no Instituto de Economia/Unicamp, pesquisador do NEA/Unicamp e do Urban Living Lab-SP, líder do projeto RB Sustentabilidade 4.0. E-mail: marcosrehder@gmail.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefira o comércio local

Projeto "Com a palavra, as associações comerciais" III: indústria

Em rede para não cair na crise. Lições de Botelhos